sexta-feira, setembro 01, 2006

Retalhos da História. Parte I

Santo Agostinho, o “Rei da Ética e dos bons costumes”, afirmava que um embrião «adquiria alma» no segundo mês e «sexo» no quarto.

Dá que pensar. Não dá?

1 Comments:

Blogger V anda Mendes said...

Onde leste isso? Encontras umas coisas engraçadas! Nesse caso, a igreja podia aceitar o aborto até aos 2 meses de gestação, já que é só corpo...sem alma, sem o sopro. E quanto ao sexo...geneticamente falando está decidido desde a concepção, agora a orientação pode ser decidida depois, tanto aos 4 meses de vida (? embora nao me pareça) como aos 4 anos de idade!

12:10 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home